África e Ásia igualam número de seleções sul-americanas nas oitavas da Copa

By casinoonline-br.com mar 28, 2024 #esportes

da esport bet: As oitavas de final da Copa do Mundo do Catar começaram neste sábado (3) com o duelo entre Holanda e Estados Unidos, iniciado às 12h (horário de Brasília). E a divisão das vagas por continente chama atenção. África e Ásia, com duas seleções classificadas cada, igualam o número de seleções sul-americanas que avançaram de fase.

da casino: Entre as africanas classificadas figuram Senegal e Marrocos. Do lado asiático, Coreia do Sul e Japão. Brasil e Argentina são as únicas representantes da América do Sul no mata-mata. Se somadas, as participações africanas e asiáticas superam as sul-americanas no início do mata-mata do Mundial.

Leia Mais

Campanha dos EUA no Catar é parte de projeto ambicioso para Copa de 2026 Gabriel Jesus e Alex Telles estão fora da Copa do Mundo Cristiano Ronaldo nega ter xingado treinador de Portugal por substituição

O fato torna histórica a Copa do Mundo do Catar para as seleções asiáticas e africanas, que chegam a quatro representantes somados em mata-mata, superando os números das Copas de 2002, na Coreia do Sul e Japão, e de 2010, na África do Sul, com três representantes somados destes continentes.

Em 2002, Senegal (África), Japão (Ásia) e Coreia do Sul (Ásia) se classificaram. Em 2010, Coreia do Sul e Japão voltaram ao mata-mata e Gana foi a única representante africana.

No Mundial do Catar, a Europa domina o número de vagas conquistadas para o início do mata-mata, com oito seleções classificadas: Holanda, Inglaterra, Croácia, França, Polônia, Espanha, Portugal e Suíça. A América do Norte tem os Estados Unidos como seu representante e a Oceania, a Austrália.

A Austrália não conta como asiática?

A seleção australiana traz consigo uma particularidade: apesar de o país se situar geograficamente na Oceania, desde 2005 passou a integrar oficialmente a Confederação Asiática de Futebol, a AFC, para a disputa das Eliminatórias.

O fato se deu para equilibrar as Eliminatórias da Oceania, onde o futebol é considerado amador — com apenas a própria Austrália e Nova Zelândia tendo ligas organizadas e profissionais. Por causa disso, a Fifa nunca deu vagas diretas para a Copa do Mundo para as classificadas no continente, apenas para a repescagem.

Em comparação com a Copa de 2018, a distribuição de vagas por continente nas oitavas sofreu mudanças drásticas, com África, Ásia e Oceania aumentando o número de classificadas. Em compensação, o número de europeias e sul-americanas caiu. A América do Norte seguiu com apenas uma seleção avançando da fase de grupos.

Na Copa da Rússia, nenhuma seleção africana avançou para o mata-mata. E apenas o Japão representou a Ásia nas oitavas. A América do Sul teve quatro representantes (Argentina, Brasil, Colômbia e Uruguai), a América do Norte seguiu com apenas uma, no caso, o México. A Oceania não teve nenhum representante e a Europa teve dez seleções classificadas (Bélgica, Croácia, Dinamarca, Espanha, França, Inglaterra, Portugal, Rússia, Suécia e Suíça).

O domínio europeu não se dá apenas nas seleções classificadas, mas também em títulos. O Velho Continente soma 12 conquistas do Mundial. A América do Sul tem outros nove. Nenhuma seleção africana, asiática, da América do Norte ou da Oceania conquistou o torneio.

A última vez que uma seleção não-europeia levantou a taça foi o Brasil na Copa do Mundo de 2002. De lá para cá, Itália, Espanha, Alemanha e França foram campeãs.

Confira os confrontos das oitavas de final:Holanda x Estados Unidos – 03/12 às 12h – Khalifa International StadiumArgentina x Austrália – 03/12 às 16h – Ahmad Bin Ali StadiumFrança x Polônia – 04/12 às 12h – Al Thumama StadiumInglaterra x Senegal – 04/12 às 16h – Al Bayt StadiumJapão x Croácia – 05/12 às 12h – Al Janoub StadiumBrasil x Coreia do Sul – 05/12 às 16h – Stadium 974Marrocos x Espanha – 06/12 às 12h – Education City StadiumPortugal x Suíça – 06/12 às 16h – Lusail Stadium

Related Post